Lá se pensam, cá se fazem.
Login

Trilha — percursos pedestres à volta de núcleos urbanos

percursos, ambiente, bem-estar

O Trilha é um projecto colaborativo entre várias instituições da área ambiental e uma equipa heterogénea de comunicação. Será feito o levantamento e marcação de percursos pedestres nos arredores de núcleos urbanos do território português. O resultado: uma colecção de guias e uma plataforma digital, que colocam à disposição da população (incluindo população transitória e turistas), um conjunto de percursos de especial interesse, fáceis de aceder e de usufruir. // É um convite a explorar o Portugal menos turístico e menos urbano, mesmo aqui ao lado, com trilhos que valorizam, cada um à sua medida: o usufruto da natureza, a paisagem, a fauna, a flora, o património ancestral, a história, a cultura, a ligação à sociedade civil e às comunidades que se cruzam no nosso caminho. É um projecto para uma larga comunidade não entendida na arte de passear na natureza. São trilhos acessíveis, seguros, heterogéneos e ricos. // Portugal é um país com um vasto património natural, oferecendo uma grande variedade de paisagens e diversidade de habitats, como montanhas, vales glaciares, estuários, áreas costeiras, entre muitos outros. O nosso clima ameno é um convite e um incentivo à prática de actividades de ar livre. // No entanto, os portugueses estão entre os povos mais sedentários da Europa. Segundo a Sondagem Eurobarómetro da Comissão Europeia sobre desporto e actividade física (Março de 2014), os cidadãos do norte da Europa são os mais activos, sendo que em países como o Luxemburgo, a Dinamarca ou a Suécia, cerca de 54% a 70% da população pratica desporto pelo menos uma vez por semana. Em contrapartida, segundo o mesmo estudo, 64% da população portuguesa não faz exercício físico. Caminhar na natureza é das actividades mais praticadas nos países do norte e centro da Europa, uma prática integrada social e culturalmente. // Em Portugal é fundamental incentivar mais pessoas a assumirem esta actividade como parte integrante das suas vidas! Os benefícios são físicos, psicológicos, ambientais e económicos. Ao vivermos a natureza estamos a incorporá-la em quem somos e nas nossas actividades, aprendemos a compreendê-la e a respeitá-la. // Apesar de hoje em dia ser possível encontrar informação sobre percursos pedestres em território nacional, grande parte não é direccionada para um público inexperiente, mas curioso. Em especial, a informação existente não se foca nos arredores das áreas urbanas. // O Trilha arranca com um caso piloto, a área da grande Lisboa, o centro urbano mais povoado do país. Pretendemos divulgar percursos que nos levam, a menos de uma hora da cidade, a zonas acessíveis de bicicleta ou de transportes públicos. // Para a concretização do projecto contamos com a parceria do Centro Associativo do Calhau, constituído pelas seguintes organizações não governamentais de ambiente: o CAAL, Clube de Actividades de Ar Livre, que se dedica à promoção das modalidades de pedestrianismo, montanhismo, escalada e orientação — activo desde 1985 — uma das maiores organizações do género na Península Ibérica; a Quercus, Associação Nacional da Conservação da Natureza, fundada no mesmo ano, orientada para a conservação da natureza e dos recursos naturais e defesa do ambiente; e a ASPEA, Associação Portuguesa de Educação Ambiental, fundada em 1990, que tem como objectivo o desenvolvimento da Educação Ambiental no ensino formal e não formal. // A primeira fase do projecto assenta na identificação e marcação dos percursos no terreno, que resultam do conhecimento valioso partilhado pelo CAAL, adquirido por especialistas ao longo de muitos quilómetros percorridos. Esta sinalização assegurará a todos a utilização destes percursos de forma autónoma, com conforto e em total segurança. Será então desenhado um guia inclusivo, que comunica claramente as riquezas de cada percurso e as suas especificidades. O guia será disponibilizado em português e em inglês, para aumentar o potencial de impacto entre a comunidade turística, a qual ganhará um leque de actividades e locais que poderá conhecer, mesmo em poucos dias de estadia na região. Será acompanhado de uma versão online, para maior disseminação e possibilidade de abertura a outras estratégias de implementação e sustentabilidade do projecto. Pretende-se associar ao Trilha acções de sensibilização e promoção dos guias e dos respectivos percursos. Serão organizadas: formações em desenho e fotografia de campo, birdwatching, orientação, plantação de árvores, actividades com escolas, entre outras. // Acordos com instituições e serviços das áreas promovidas serão feitos tendo em vista o envolvimento destas entidades com os percursos do Trilha, tais como autarquias, associações ou clubes. // Através desta rede pretende-se que o projecto continue a crescer, expandindo para outras zonas do país. // Trilha — uma colecção de guias que aproxima a cidade aos meios rurais e às áreas protegidas envolventes. Um passo para a natureza. // (Contacto: trilha.percursos@gmail.com)

Mariana Veloso

Visionário
Lisboa, Portugal

Carolina Fernandes da Silva

Comunicador
Lisboa, Portugal

vasco veloso

Facilitador
Lisboa, Portugal

Ana Catarina Mealha Guerreiro

Facilitador
São Paulo, Brasil

José Veloso

Facilitador
Lisboa, Portugal

Comentários